No hotel, Elana diz que já sente falta do celular e promete não baixar a cabeça a ninguém

0
19

Direto do sertão do Piauí, a engenheira agrônoma conta que vai animar a casa do BBB19

Ana Clara invadiu o quarto de hotel da piauiense Elana e perguntou sobre suas principais características. Ela comentou que vai animar a casa mais vigiada do Brasil.  “Sou muito animada e adoro dançar. Acho que vai contagiar as pessoas de casa.”, disse. Perguntada sobre suas estratégias para o jogo, a sister é enfática e diz que vai fazer um jogo solo. “É cedo pra falar, mas vou jogar sozinha.”

Quando assunto é saudade, Elana garante que vai sentir muita falta dos pais e revela mais uma saudade: “Só do celular. Estou sentindo falta do celular. Estou acostumada a ficar sozinha.” Ela contou o que vai fazer ao entrar na casa: “Gritar muito e agradecer a Deus.”

A engenheira agrônoma Elana, 25 anos, é de Bom Jesus, no sertão do Piauí, a 635 quilômetros da capital Teresina. Ela tem o sonho de cursar medicina. De personalidade forte, a moça promete agitar a casa e levar o calor de sua terra para dentro do reality. “Tenho garra e sou daquelas mulheres que não abaixam a cabeça”, conta. No programa da Globo, Elana quer se divertir e contagiar as pessoas com sua alegria.

E engana-se quem pensa que a maior influência de Elana para tentar uma vaga na casa veio dela mesma ou de amigos. Na realidade, quem mais a incentivou foram os próprios pais, dois apaixonados por BBB. Ela é filha de um pescador e de uma comerciante.



Para permanecer na casa, os trunfos de Elana deverão ser o bom papo, as habilidades na cozinha e a disposição para animar qualquer festa. Ela adora dançar forró. Solteira, a sister promete viver todas a experiências que puder. “Meus pais vão ficar decepcionados se eu me envolver com alguém na casa, mas avisei que não posso garantir nada”, diverte-se.

Antes de entrar na casa, a engenheira trabalhava com coletas de amostras de solo para análise, o que exigia sacrifícios como ficar no sol quente. A piauiense saiu de casa aos 14 anos com o irmão após ganhar uma bolsa de estudos em uma cidade próxima. Lá, porém, não existia água encanada nem energia elétrica. Isso tudo a fez amadurecer mais rápido para a vida. Agora, quer dar uma vida confortável à família.

fonte:meionorte

T

aproveite e compartilhe isso!
publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here