Marido de Simone nega briga com Simaria

0
75

Kaká Diniz, marido de Simone, negou um possível desentendimento com a cunhada Simaria. Na segunda-feira (12), o colunista Leo Dias falou no Fofocalizando que os dois tinham deixado de se seguir no Instagram.

“No final da entrevista do Leo Dias, ele diz que ouviu informações de que quando Simone era cantora de forró, antes do sucesso, eu torcia ou tentava fazer com que ela seguisse carreira solo. Nessa época, a Simone nem comigo era casada. Conheci Simone como Simone e Simaria, como dupla. Sou o maior apoiador da dupla”, explicou ele. “Oro a Deus para que a dupla não acabe nunca. As duas só funcionam juntas. Elas são uma marca.”

O piloto e empresário também afirmou que torce para a volta de Simaria para os palcos. Ela está afastada por conta de uma tuberculose ganglionar desde abril deste ano.

“Estou torcendo para que Simaria volte logo para os palcos porque sei que querendo ou não uma sozinha acaba prejudicando o show. Por mais que Simone esteja lá batalhando e tentando de todas as formas para dar o melhor dela, é cansativo. Quando ela chega em casa, todos os dias, do trabalho, a primeira coisa que ela fala é que está sentido muito a falta da minha irmã, que gostaria muito que a irmã voltasse logo para os palcos e ela vai voltar”, disse.

Afastada da dupla após a descoberta de uma tuberculose ganglionar em abril, Simaria falou sobre a doença em entrevista recente ao Fantástico. “Eu peso em torno de 50 quilos e eu caí para 42”, disse.

A cantora chegou a se emocionar durante a entrevista. “Eu não podia pegar meu filho. Eu não respirava direito, eu saía do palco o tempo todo, porque minha pressão baixava. Eu voltava para o camarim, colocava sal na boca e voltava para cantar.”

Simaria já teve tuberlucose três vezes e a doença se agravou por mais de um fator: excesso de trabalho, alimentação insuficiente e falta de cuidados com a saúde. “Desde os meus 14 anos até os 35, eu trabalhei que nem um burro de carga. Não quero mais fazer 30 shows em um mês”, disse Simaria. “O que mais mata a pessoa são as distâncias de um lugar para o outro. No final do show eu comia porcaria.”

Fonte: Cidade verde.com

aproveite e compartilhe isso!
publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here